8.1.12

Cabeça oca

Não nego que me pergunto por ti. Pergunto-me por onde andas, em que lado da cama dormes, onde vagueiam essas tuas mãos e em que lugar os teus olhos se perdem. É nesta linha que o amor naufragou e na mesma linha ainda o cais espera por ti. É pertinente e corrupto este desejo submisso em te ter. Egoísta da minha parte. Cabeça oca e coração sem miolos.

10 comentários:

  1. Aiiii.........

    Que verdade... sinto-me mt assim :(

    roubei um pouco, p FB status :)

    Kisses

    ResponderEliminar
  2. gostei e segui, se quiseres passa no meu { http://omeuverdadeirosentido.blogspot.com/ } (:
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Temos sempre essas perguntas, sempre.

    ResponderEliminar
  4. gostei muito do blog! vou seguir :)

    ResponderEliminar
  5. "Cabeça oca e coração sem miolos" Adoro msm (:

    ResponderEliminar
  6. e o amor lá tem miolos ou racionalidade de sentimentos...

    ResponderEliminar
  7. (...) mas coração que ainda sente a falta de alguém

    ResponderEliminar
  8. Olá!Sou nova e estou seguindo seu blog!Me siga também!
    http://mydesaire.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Deixa o teu primeiro impulso deslizar pelos os dedos.