2.4.11

De propósito

-O que estás aqui a fazer?
-Vim buscar aquilo que me esqueci aqui.
-Não deixaste cá nada.
-Foram duas coisas na verdade.
-A sério, não deixaste aqui nada.
-Deixei sim, tu é que não te apercebeste disso.
-O que te esqueceste aqui então?
-Duas coisas: o meu coração e um beijo.
-O quê?
-Sendo sincera não foi por despiste que deixei aqui o meu coração, foi de propósito que me dei a ti. Lamento apenas ter-me dado ao vazio da tua casa.
-Nunca me apercebi que gostavas de mim.
-Nunca pensei que amar alguém custasse tanto.

13 comentários:

Deixa o teu primeiro impulso deslizar pelos os dedos.