11.12.10

fora do prazo de validade

-Estou nervoso, enjoado, esquisito, com o vácuo no estômago.
-Borboletas?
-Qualquer coisa assim do género.
-Já mataste alguma?
-Han?
-Se já mataste alguma borboleta?
-Não, porquê?
-Há uma primeira vez para tudo.
-Não é fácil desgostar de ti.
-Não é fácil aceitar que esta conversa já não esteja dentro prazo de validade. 
-Não tens saudades minhas?
-Tuas inclui as noites passadas em branco, a tua ausência e todo o amor em vão?
-Falava de bons momentos, os nossos.
-Nem disso, já não.

12 comentários:

  1. Conseguires falar assim, depois de tudo, não é nada fácil :o
    És uma heroína Marie *.*

    ResponderEliminar
  2. Marie ficas desde já a saber que isto aqui é algo de sublime *

    ResponderEliminar
  3. este é sem duvida o meu blog preferido, adoro vir cá! este post esta perfeito, adoro a simplicidade c q transmites o que se passa! beijinhos **

    ResponderEliminar
  4. Já não sei como dar a volta a tal coisa :$

    ResponderEliminar

Deixa o teu primeiro impulso deslizar pelos os dedos.