24.3.10

O teu agora meu desejo

Onde estão as tuas certezas?
Onde está toda aquela confiança?
Onde está esse teu desejo louco?
Em mim, está a morrer a esperança,
De te ter apenas por um pouco.

E a ti? Tudo isto desapareceu?
(Se calhar até mesmo morreu,
nessa tua pequena alma).
Mas tu ainda não percebeste?
Ou melhor, não entendeste?
Aqui já não reina a calma
Porque preciso de ti
Para me saciares, agora, o meu desejo
Nesta respiração e aqui.
Mas nem de miragem te vejo

Quem o desejo te saciou?
Foi quem de igual modo esperou?
Como eu vou esperando por ti?

3 comentários:

  1. Como se a Daniela fosse uma escritora :)
    .ahahahha.
    Tu tens jeitinho para todo o tipo de textos +.+
    LoveYou <3

    ResponderEliminar
  2. está fantástico marie, fantástico!

    ResponderEliminar
  3. Oi gostaria muito que conhecesse o meu blog sobre síndrome do pânico, obrigado desde já.

    ResponderEliminar

Deixa o teu primeiro impulso deslizar pelos os dedos.